Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Chamas em Cinfães ferem dois militares da GNR

Feridos pertencem ao Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR, que está posicionado na base de Armamar.
Correio da Manhã 4 de Setembro de 2020 às 08:28
Grupo de Intervenção Proteçao e Socorro GNR
Grupo de Intervenção Proteçao e Socorro GNR FOTO: Pedro Brutt Pacheco
Dois militares da GNR sofreram esta quinta-feira à tarde queimaduras graves nas pernas durante o combate a um incêndio florestal que deflagrou no concelho de Cinfães.

Os dois guardas pertencem ao Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR, que está posicionado na base de Armamar. Após terem sido atingidos pelas chamas junto à aldeia de Alhões, foram transportados de ambulância para o centro de meios aéreos de Armamar, tendo sido depois levados de helicóptero para a Unidade de Queimados do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, onde ficaram internados. No concelho de Cinfães registaram-se três incêndios florestais durante a tarde de ontem.
Cinfães Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR Armamar acidentes e desastres
Ver comentários