Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Cinco agressores presos pela GNR no distrito da Guarda

Homem, de 52 anos, apanhado a espancar a mulher, de 54.
Luís Oliveira 4 de Maio de 2020 às 08:01
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR

Cinco homens, com idades entre os 45 e 52 anos, foram detidos pela GNR no distrito da Guarda por violência doméstica sobre as companheiras e, em alguns casos, sobre os filhos. Dois agressores aguardam o desenvolvimento do processo em prisão preventiva e os outros três estão proibidos de se aproximarem das vítimas, sendo controlados por pulseira eletrónica.

Os casos de violência doméstica aconteceram nos últimos cinco dias em aldeias dos concelhos da Guarda, Celorico da Beira, Almeida, Manteigas e Vila Nova de Foz Coa. As detenções aconteceram todas em flagrante delito.

No caso de  Vila Nova de Foz Coa, trata-se de um homem de 45 anos, agricultor, que exercia violência física e psicológica sobre a companheira, de 34. Também os  dois filhos, de 7 e 15 anos, e a sogra sofriam às mãos do agressor. Foram-lhe apreendidas cinco armas de fogo no âmbito de uma medida cautelar.

Outro dos casos aconteceu no seio de uma família de Celorico da Beira, onde um homem, de 52 anos, espancou a companheira, dois anos mais velha.  A GNR foi chamada e testemunhou parte das agressões, bem como as ameaças de morte e injúrias à mulher, tendo o agressor sido imediatamente detido.

A vítima foi transportada pelos bombeiros para o hospital da Guarda com ferimentos graves. O agressor foi presente a um juiz do Tribunal de Celorico da Beira que lhe determinou prisão preventiva. Foi encaminhado para o Estabelecimento Prisional da Guarda.

Vila Nova de Foz Coa GNR Celorico da Beira Guarda crime lei e justiça polícia questões sociais
Ver comentários