Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Comando que morreu durante prova “já estava inconsciente no campo de tiro", garante médica

Profissional de saúde disse ainda que Dylan Silva "deu entrada no hospital já ventilado, em falência hepática grave".
João Carlos Rodrigues 29 de Maio de 2020 às 08:40
Dylan da Silva
Dylan Silva também não resistiu ao curso
Dylan da Silva
Dylan Silva também não resistiu ao curso
Dylan da Silva
Dylan Silva também não resistiu ao curso
Dylan Silva, um dos dois militares que morreu no 127.° curso de comandos, em setembro de 2016, "já estava inconsciente no campo de tiro de Alcochete e deu entrada no hospital já ventilado, em falência hepática grave - precisava de transplante de fígado para sobreviver - desidratado, com lesão renal aguda, hipoglicemia, rabdomiólise, convulsões e hipertermia".

A explicação foi dada esta quinta-feira pela médica de Cuidados Intensivos que o acompanhou no hospital do Barreiro.
Dylan Silva Alcochete saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)