Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Comerciante vende álcool a 20 euros em frasco durante epidemia do coronavírus

Farmácias pedem regulação junto dos fornecedores.
Manuel Jorge Bento 21 de Março de 2020 às 09:28
Inspetores da ASAE
Inspetores da ASAE FOTO: Álvaro C. Pereira

Inspetores da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) encontraram um comerciante a vender frascos de 100 mililitros de álcool a 20 euros, numa operação de combate ao lucro ilegítimo com venda de bens necessários para a prevenção e combate à Covid-19. Foi instaurado um  processo-crime.

A ação nacional de fiscalização já passou por dezenas de estabelecimentos comerciais. Por outro lado, a Associação Nacional das Farmácias pede a intervenção de autoridades reguladoras junto dos fornecedores para repor o acesso a máscaras e desinfetantes por parte das farmácias, que, devido à escassez, estão a vendê-los a preços elevados.

"Muitas estão a ser forçadas a praticar preços superiores ao habitual, mesmo reduzindo ou abdicando das margens de comercialização necessárias à sustentabilidade", diz Nuno Flora, secretário-geral da associação. Entretanto, há alternativas a avançar.

O grupo Super Bock entrega cerca de 56 mil litros de álcool da produção de cerveja sem álcool, que serão transformados pela destilaria Levira em 14 mil litros de álcool gel, seguindo as diretrizes da Organização Mundial da Saúde.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)