Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Concelho açoriano da Povoação submetido a cordão sanitário

Tiago Lopes, responsável pela Autoridade de Saúde Regional dos Açores, fez declaração no 'briefing' diário sobre a situação da pandemia de covid-19.
Lusa 29 de Março de 2020 às 20:04
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Getty Images
O concelho da Povoação, na ilha de São Miguel, vai ser submetido a um cordão sanitário devido à existência de transmissão local de covid-19, anunciou hoje a Autoridade de Saúde Regional dos Açores.

Tiago Lopes, responsável pela Autoridade de Saúde Regional dos Açores, declarou no 'briefing' diário sobre a situação da pandemia de covid-19, em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, que, no caso de São Miguel, "há uma clara transmissão local" em função dos casos positivos que foram identificados, daí a opção pelo cordão sanitário na Povoação.

O responsável referiu que se pretende desta forma "conter a população, identificar os casos próximos e proceder à respetiva colheita de amostras" para posterior análise laboratorial. "Esta situação já tinha sido ponderada no primeiro caso suspeito nos Açores, na ilha Terceira. No caso concreto de São Jorge, também esteve em cima da mesa esta possibilidade, como, mais recentemente, também no caso de São Mateus, também na ilha Terceira.

Ao contrário do que acontece na Povoação, derivado ao trabalho que se fez, logo de imediato, de identificação dos contactos próximos dos casos positivos, o seu número não justificava uma paragem da normal circulação daquelas comunidades", explicou. Tiago Lopes declarou que, no caso específico da Povoação, vão ser realizados mais testes para apurar a intensidade" da disseminação do vírus naquela vila agora sob confinamento obrigatório. Hoje, foram detetados mais 15 casos positivos de covid-19 em quatro ilhas da região: seis casos em São Miguel, dois na Terceira, cinco no Pico e dois no Faial. No caso de São Miguel, a ilha mais populosa, foram diagnosticados dois indivíduos do sexo masculino, de 38 e 47 anos, e quatro indivíduos do sexo feminino, três entre 19 e 33 anos e um com 80 anos. Deste grupo, quatro casos "têm história de viagem recente ao exterior da região".

A Autoridade de Saúde Regional dos Açores refere, em relação aos casos da Terceira, que se trata de um indivíduo do sexo masculino e um indivíduo do sexo feminino, com 50 e 47 anos, respetivamente, estando "relacionados com o caso detetado sábado, na ilha" Os cinco casos positivos da ilha do Pico, são dois indivíduos do sexo masculino, de 42 e 71 anos, e três indivíduos do sexo feminino, com 3, 39 e 64 anos, pertencendo "ao mesmo agregado familiar", sendo que "dois indivíduos estiveram recentemente no estrangeiro". Na ilha do Faial, correspondem a um indivíduo do sexo masculino, com 43 anos, e um indivíduo do sexo feminino, com 42 anos, sendo que "estão relacionados e ambos têm história de deslocação recente ao exterior da região".

Segundo a Autoridade de Saúde, "todos apresentam situação clínica estável e estão, de momento, no domicílio". Com mais estes quinze casos, sobe para 42 os casos positivos para infeção pelo covid-19, 13 registados em São Miguel, nove na ilha Terceira, sete em São Jorge, oito no Pico e cinco no Faial. Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 119 mortes, mais 19 do que na véspera (+19%), e registaram-se 5.962 casos de infeções confirmadas, mais 792 casos em relação a sábado (+15,3%). O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 667 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 31.000. Dos casos de infeção, pelo menos 134.700 são considerados curados. Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)