Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Condenado a 11 anos de prisão por matar colega de casa à facada em Viseu

Homem foi apanhado pela GNR alcoolizado na rua e levado a casa. Autoridades encontraram cenário de horror.
Tiago Virgílio Pereira 24 de Janeiro de 2022 às 08:38
A carregar o vídeo ...
Condenado a 11 anos de prisão por matar colega de casa à facada em Viseu
Serhiy Popel, ucraniano de 40 anos, foi condenado a 11 anos de prisão por esfaquear até à morte Viktor Kalita, de 53, da mesma nacionalidade e seu colega de casa, no Bairro da Falorca, em Mundão, Viseu. O crime aconteceu na noite de 16 de fevereiro de 2021. O Tribunal de Viseu decidiu também aplicar ao homicida uma pena acessória que passa pela expulsão do País por cinco anos.

Serhiy, embriagado, encontrava-se a causar distúrbios na via pública e os vizinhos acabaram por chamar a GNR. Os militares explicaram-lhe que não podia estar na rua, por estar em vigor o estado de emergência, e levaram-no para casa. Foi aí que encontraram a vítima deitada no chão, com uma faca espetada no peito.

Os dois tinham estado a consumir bebidas alcoólicas e depois ter-se-ão desentendido por desavenças antigas. Agrediram-se e depois Serhiy agarrou numa faca e desferiu nove golpes no peito de Viktor. A vítima tinha acolhido o agressor em sua casa de forma temporária. Foi socorrida, mas já nada havia a fazer.

Bairro da Falorca Mundão Viseu Serhiy Popel crime lei justiça tribunais julgamentos sentença Viktor Kalita
Ver comentários