Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Constituída arguida mulher envolvida em agressões com agente da PSP na Amadora

De acordo com a PSP, mulher foi sujeita à medida de coação de termo de identidade e residência.
Lusa 21 de Janeiro de 2020 às 18:45
PSP alega que agente foi agredido e empurrado durante detenção de mulher na Amadora
PSP alega que agente foi agredido e empurrado durante detenção de mulher na Amadora
PSP alega que agente foi agredido e empurrado durante detenção de mulher na Amadora
A mulher que apresentou uma denúncia contra um polícia que a deteve no domingo na Amadora, ocorrência que envolveu "agressões", foi esta terça-feira constituída arguida e sujeita à medida de coação de termo de identidade e residência, segundo a PSP.

Presente a um juiz de instrução criminal, a mulher ficou indiciada do crime de resistência e coação sobre agente da autoridade, enquanto o polícia envolvido "não foi constituído arguido", avançou à agência Lusa fonte da Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP).

"O caso transitou para processo comum [segue para investigação]", disse fonte policial, acrescentando que, devido às versões contraditórias da mulher e do polícia, está a decorrer um inquérito para averiguar as circunstâncias da ocorrência.

Amadora PSP crime lei e justiça polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)