Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Corpo de turista norte-americano recuperado no rio Tejo

Mestre da Transtejo localiza cadáver às primeiras horas do dia desta segunda-feira.
João Carlos Rodrigues 9 de Julho de 2019 às 01:30
Alex Tyk tinha 31 anos
Norte-americano junto ao Urban Beach
Alex Tyk tinha 31 anos
Norte-americano junto ao Urban Beach
Alex Tyk tinha 31 anos
Norte-americano junto ao Urban Beach
O corpo encontrado esta segunda-feira de manhã nas águas do rio Tejo, entre Cacilhas e o Terreiro do Paço, será Alex Tyk, um norte-americano de 31 anos que desapareceu na madrugada do dia 27 de junho depois de uma noite de diversão por bares e discotecas de Lisboa que terminou no Urban Beach.

Segundo o CM apurou, o alerta inicial foi dado poucos minutos depois das 06h00 desta segunda-feira, pelo mestre de uma embarcação da Transtejo que fazia a travessia do rio e se apercebeu do cadáver a boiar.


O alerta foi logo dado às autoridades e a Polícia Marítima enviou meios para o local.

De acordo com fonte oficial, "o corpo estava em avançado estado de decomposição, o que indica que terá estado vários dias na água, e só as perícias do Instituto Nacional de Medicina Legal poderão confirmar que se trata do referido cidadão norte-americano que estava dado como desaparecido".

A mesma fonte acrescenta que "o homem foi encontrado com sapatos, calções e uma t-shirt, que correspondem à descrição da roupa usada" por Alex Tyk no dia do seu desaparecimento.

O corpo foi transportado para a morgue do IML, em Lisboa, para ser formalmente identificado e alvo de autópsia que permitirá determinar a causa da morte e eventual envolvimento de terceiros.

Os dados até agora recolhidos apontam para um acidente – Alex Tyk foi filmado a sair do Urban Beach sozinho após falar com três raparigas – mas as autoridades querem esclarecer o caso antes de entregar o corpo à família.
Ver comentários