Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Homem dá tiro no irmão por vingança e foge em Porsche em Almada

Vítima de 47 anos atingido no maxilar por disparo de pistola. Foram disparados cinco tiros.
Miguel Curado, Raquel Simões e Sérgio A. Vitorino 5 de Agosto de 2020 às 01:30
Homem de 47 anos atingido no maxilar por disparo de pistola
PJ no local do crime
Autoridades no local do crime
Homem de 47 anos atingido no maxilar por disparo de pistola
PJ no local do crime
Autoridades no local do crime
Homem de 47 anos atingido no maxilar por disparo de pistola
PJ no local do crime
Autoridades no local do crime
Um homem de 47 anos foi esta terça-feira atingido por um disparo de pistola no maxilar, feito pelo irmão, no Laranjeiro, Almada. Uma discussão recente entre ambos terá motivado o ataque e levou o agressor a procurar vingança. O autor do disparo fugiu num carro de luxo Porsche e estava esta terça-feira à tarde a ser procurado.

A vítima e a mulher estavam ambos num Peugeot, estacionado na praceta Lopes Graça, quando pelas 11h50 de ontem ocorreu o ataque. O agressor, um homem da Sobreda de Caparica, já investigado por crimes com arma de fogo, dirigiu-se à viatura do familiar. Armado com uma pistola, calibre 6.35 mm, fez pelo menos cinco disparos. Um acertou no maxilar da vítima, três foram cravar-se no interior do veículo e o quinto atingiu a chapa de um autocarro que ali passava. 


O agressor fugiu a correr e entrou no Porsche que tinha estacionado perto. Quanto à vítima, ainda saiu do carro atrás do irmão. Caminhou alguns metros e caiu inanimado já na avenida 23 de Julho. Vítor Silva, testemunha, disse esta terça-feira à CMTV que parou a moto que conduzia “ao ouvir disparos”.

“Vi um homem agarrado à cara. Ele sangrava muito e dizia que tinha sido o irmão a dar-lhe um tiro. A mulher e os filhos também surgiram, a dizer o mesmo. Chamei o socorro, via 112, e tentei estancar o sangue até chegarem a PSP e o INEM”, relatou.

A vítima foi socorrida e depois transportada para as Urgências do Hospital Garcia de Orta, onde foi operada. O estado inspira cuidados. A PJ de Setúbal investiga.
Porsche Laranjeiro Almada política crime lei e justiça defesa armas de fogo polícia crime
Ver comentários