Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Dois homens com mandados de detenção detidos pelo SEF durante controlo de fronteiras terrestres

Portugueses tinham cometido crimes de violência doméstica e de homicídio voluntário.
Lusa 2 de Junho de 2020 às 18:35
SEF
SEF
O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou hoje a detenção, durante controlo das fronteiras terrestres, dois homens com mandados de detenção para efeitos de cumprimento de pena.

Um dos homens, um cidadão português de 61 anos, condenado pelo crime de violência doméstica, foi detido hoje do Ponto de Passagem Autorizado de Vilar Formoso durante a fiscalização de um autocarro de passageiros proveniente de Paris.

O homem, alvo de um mandado de detenção emitido pelo Tribunal de Execução de Penas de Coimbra, foi entregue no Estabelecimento Prisional da Guarda para cumprimento de pena.

No fim de semana, em Marvão (Portalegre), foi detido um outro português que era alvo de mandado de detenção europeu pelos crimes de homicídio voluntário e ofensas corporais graves, emitido pela Comarca do Porto.

O homem foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Castelo Branco, onde ficou detido. 

No Ponto de Passagem de Quintanilha (Bragança), o SEF intercetou ainda quatro espanhóis que tentavam entrar em Portugal, um dos quais, o condutor, tinha interdição de saída da área de residência.

Efetuado o controlo documental aos restantes passageiros, o SEF verificou que todos eles tinham antecedentes criminais desde tráfico de estupefacientes, violência doméstica, agressão e assaltos, e, já depois de entregues às autoridades espanholas, foram descobertas duas armas brancas.

"A deteção de todas as situações foi facilitada pelo SEF Mobile, um sistema pioneiro, rápido e seguro que o SEF está a utilizar nos controlos de fronteira e que já permitiu controlar mais de 110 mil cidadãos", refere o SEF, em comunicado.

O controlo de fronteiras foi restaurado devido à pandemia de covid-19, que começou em dezembro de 2019 na cidade chinesa de Wuhan.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 375 mil mortos e infetou mais de 6,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,6 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.436 pessoas das 32.895 confirmadas como infetadas, e há 19.869 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

justiça e direitos tribunal crime emigrantes Portugal Serviço de Estrangeiros e Fronteiras
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)