Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Dois homens identificados pela GNR por captura de aves protegidas em Vila do Conde

Militares detetaram num terreno uma rede com esticadores, cujo objetivo era a captura de espécies protegidas, para posterior comercialização das aves.
Aureliana Gomes 25 de Fevereiro de 2021 às 17:32
Dois homens identificados pela GNR por captura de aves protegidas em Vila do Conde
Dois homens identificados pela GNR por captura de aves protegidas em Vila do Conde

A GNR identificou dois homens, de 59 e 69 anos, por captura e detenção ilegal de aves, em Vila do Conde. Numa primeiro situação, o suspeito, de 69 anos, foi identificado numa ação de patrulhamento a 23 de fevereiro.

Os militares detetaram num terreno uma rede com esticadores, cujo objetivo era a captura de espécies protegidas, para posterior comercialização das aves.

Foram apreendidos: seis dom-fafe, 22 lugres, três pintassilgos, um bico-de-lacre e 22 tubos e 20 grampos, duas gaiolas, dois esticadores de rede e uma rede de dez metros.

No dia seguinte, na sequência de uma denúncia anónima – que dava conta de que um homem tinha aves protegidas e as comercializava - foram realizadas várias diligências que culminaram com a identificação de um suspeito, de 59 anos.

Neste caso, foi apreendida ma gaiola e resgatados, três dom-fafe, quatro lugres, nove pintassilgos, dois verdilhões, entre outros.

Segundo a GNR, as aves foram entregues no Parque Biológico de Vila Nova de Gaia para monitorização do seu estado de saúde e posterior libertação no seu habitat natural.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Vila do Conde.

polícia ambiente crime lei e justiça Vila do Conde GNR
Ver comentários