Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Ex-bancário desviou 460 mil euros para “ajudar” clientes

Segundo o arguido, o dinheiro foi usado num esquema de banca paralela para empréstimos a clientes para investimento em obrigações.
Paulo Jorge Duarte 7 de Dezembro de 2021 às 08:52
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro FOTO: CMTV
O ex-bancário julgado por ter desviado 460 mil euros de contas de clientes, em Estarreja, entre 2012 e 2015, alegou esta segunda-feira, no tribunal de Aveiro, ter feito os movimentos com autorização dos clientes.

Segundo o arguido, o dinheiro foi usado num esquema de banca paralela para empréstimos a clientes para investimento em obrigações.

"Fiz isto estupidamente, não ganhei nada, apenas tive intenção de agradar aos clientes que não conseguiam crédito", disse. Está acusado de furto, falsificação, falsidade informática, acesso ilegítimo, abuso de confiança e branqueamento de capitais.
Ex-bancário Estarreja Aveiro economia negócios e finanças serviços financeiros banca
Ver comentários