Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Ex-gerente da CGD de Terras de Bouro condenado por desviar 102 mil euros de conta de cliente

Ex-bancário confessou o crime no tribunal.
Correio da Manhã 15 de Janeiro de 2022 às 21:36
Caixa Geral de Depósitos
Caixa Geral de Depósitos FOTO: Miguel Baltazar
José Manuel Ferreira de Azevedo, de 56 anos, ex-gerente da agência da Caixa geral de Depósitos (CGD) de Terras de Bouro foi condenado a cinco anos de prisão, com pena suspensa, por desviar 102 536 euros de uma conta 'offshore' de um cliente. 

O homem, atualmente diretor financeiro de uma universidade privada, em Luanda, confessou todos os crimes no tribunal de Braga durante as sessões de julgamento tendo a pena passado de quatro ano de prisão efetiva para cinco anos de pena suspensa com a condição de pagar 20 023 à Caixa Geral de Depósitos. regere o jornal O Minho

O ex-bancário utilizou um primo para elaborar o crime. O familiar aceitou que fosse depositado, na sua conta bancária, do Banco Espírito Santo (BES), um cheque na posse de José Manuel Ferreira de Azevedo, à data gerente da CGD de Terras de Bouro, não desconfiando que o cheque tivesse resultado de uma situação de abuso de confiança.






Ver comentários