Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Ex-vice de Mesquita Machado volta a ser absolvido

Em causa está o processo dos Transportes Urbanos de Braga (TUB) e administração danosa.
Liliana Rodrigues 26 de Fevereiro de 2021 às 10:50
Mesquita Machado
Mesquita Machado FOTO: LUSA/HUGO DELGADO
O tribunal de Braga voltou a absolver Vítor Sousa, ex-vice de Mesquita Machado, pelos crimes de corrupção para ato licito, no âmbito do processo dos Transportes Urbanos de Braga (TUB) e administração danosa.

Em 2019, já tinha sido absolvido, com o coletivo de juízes a considerar que apesar de ter praticado os crimes - fazendo concursos à medida para que a empresa MAN fosse a vencedora e entregasse os autocarros, a troca de contrapartidas - já estava prescritos e por isso não podia ser condenado. O mesmo sucedeu com Cândida Serapicos, então chefe de gabinete do então autarca socialista, que também foi absolvida nesta nova decisão do tribunal de Braga.

Os restantes arguidos foram igualmente absolvidos, julgada improcedente a acusação.

Mas o tribunal decide declarar perdido a favor do Estado o dinheiro apreendido aos dois principais arguidos: 53.500€ pertencente a Vítor Sousa e a quanta de 11.250€ pertencente Cândida Serapicos, bem como um carro de Vítor Sousa.

"Obviamente vou recorrer", disse ao CM Artur Marques, advogado de defesa de Vítor Sousa, após conhecer a nova decisão.
Ver comentários