Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Excesso de mulheres na PJ causa "constrangimentos"

Em causa está a questão da maternidade.
Correio da Manhã 19 de Janeiro de 2020 às 10:09
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária FOTO: Diogo Pinto
O elevado número de mulheres a entrar nos últimos cursos da Polícia Judiciária está a abrir um debate sobre o futuro da instituição.

Uma situação que poderá provocar problemas operacionais, de acordo com inspetora-chefe Carla Pinto, vice-presidente da Associação Sindical dos Funcionários da Carreira de Investigação Criminal (ASFIC).

A responsável afirma que o excesso de mulheres na PJ causa constrangimentos, referindo a questão da maternidade e da gravidez – "logo que engravidam pedem para ir para unidades onde os horários são mais previsíveis" – embora defenda que no uso da força ou das armas "muitas mulheres superam os homens".
PJ Polícia Judiciária crime lei e justiça questões sociais polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)