Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Festa ilegal junta 40 jovens na praia em Vila Nova de Milfontes

Militares da GNR dispersaram grupo, após denúncia.
Joaquim Bernardo 26 de Julho de 2020 às 08:31
A carregar o vídeo ...
Festa com dezenas de jovens junto à praia do Malhão em Vila Nova de Milfontes
Cerca de 40 jovens estiveram reunidos numa festa junto à praia do Malhão, em Vila Nova de Milfontes, no concelho de Odemira, durante a madrugada de sábado.

Esta não foi a primeira vez que os jovens se juntaram naquela zona e, segundo vários populares, “procuram sempre locais isolados de forma a não serem detetados pelas autoridades”.

A praia do Malhão recebe milhares de banhistas ao longo do dia, mas durante a noite torna-se numa área bastante isolada, sem qualquer iluminação pública. O acesso é feito por uma estrada de terra batida.

Segundo o que o Correio da Manhã conseguiu apurar, a GNR recebeu uma denúncia. À chegada ao local, os militares dispersaram os jovens, que são na sua maioria da região de Lisboa e que estão na localidade a passar férias.

Os participantes na festa, que surgem em vários vídeos divulgados nas redes sociais sem máscaras e a consumir bebidas alcoólicas, acataram as ordens das autoridades e terminaram a festa, regressando às suas casas.

Ao início da manhã de sábado, uma equipa de limpeza da Junta de Freguesia de Vila Nova de Milfontes encontrou lixo e muitas garrafas de álcool espalhadas naquele local.

Situação idêntica foi detetada pela Polícia Marítima em Troia, no concelho de Grândola, numa altura em que este tipo de ajuntamento está proibido devido às medidas de contenção da Covid-19. Outro grupo que se encontrava a consumir bebidas alcoólicas na praia de Albarquel, em Setúbal, também teve de ser dispersado pelas autoridades. Já na discoteca Lick, em Vilamoura, decorreu uma festa, cujas imagens mostram falhas no distanciamento social. A discoteca garante seguir todas as normas.

Queixa sobre ajuntamento em Troia
A Polícia Marítima de Setúbal dispersou, este sábado de madrugada, grupos de jovens que se encontravam em Troia. Na praia Atlântica-Soltroia, após "queixas de aglomerados de jovens na praia", "foi detetado um grupo a confraternizar e na posse de garrafas de bebidas alcoólicas", avançou a Polícia Marítima. O grupo foi "identificado e sensibilizado para a proibição de consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos à noite, em especial por menores, bem como para as limitações em relação aos aglomerados de pessoas", devido à pandemia.
Ver comentários