Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Fim das barracas no meio da cidade de Portimão

Realojamento de famílias previsto para este ano ou início de 2021.
José Carlos Eusébio 10 de Agosto de 2020 às 07:52
PSP no bairro que vai ser demolido
PSP no bairro que vai ser demolido FOTO: Pedro Noel da Luz

Depois de ter sofrido alguns atrasos ao longo dos últimos anos, o processo para acabar com o aglomerado de barracas junto ao Mercado Municipal e à Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes, no centro de Portimão, está finalmente bem encaminhado. A câmara já celebrou o contrato para a aquisição de casas pré-fabricadas para o realojamento das famílias. O investimento ultrapassa os 800 mil euros.

Ao CM, Isilda Gomes revela que o fim do bairro de barracas poderá acontecer "ainda este ano ou no início do próximo". Os 26 moradores serão realojados nos arredores da cidade, na zona do Vale da Arrancada, próximo da zona industrial.

A intenção de acabar com as barracas foi anunciada pela autarquia em 2017. Mas o concurso para aquisição das casas modulares ficou deserto por falta de empresas interessadas, o que obrigou a câmara a abrir novo procedimento.

O espaço degradado onde se encontram as barracas será totalmente requalificado, com a construção de um parque urbano, dotado de espaços ajardinados e estacionamento. O concurso para a primeira fase da obra - a concretizar na parte que não colide com o bairro - já foi lançado pela autarquia, orçando em quase 400 mil euros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)