Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Fisioterapeuta condenado a dois anos e oito meses de prisão domiciliária por violar menor em Santa Maria da Feira

Crime ocorreu durante uma sessão de massagem.
Correio da Manhã 22 de Abril de 2020 às 17:07
Tribunal
Justiça
Tribunal
Justiça
Tribunal
Justiça
O Tribunal de Santa Maria da Feira condenou esta quarta-feira a dois anos e oito meses de prisão domiciliária um fisioterapeuta por ter violado uma jovem de 17 anos durante uma sessão de massagem no seu consultório.

Durante a leitura do acórdão, a juíza presidente disse que o tribunal deu como provado o crime de violação de que o arguido estava acusado, por factos ocorridos a 11 de julho de 2019, no gabinete do arguido em Lobão, Santa Maria da Feira, no distrito de Aveiro.

Além da pena de prisão, o arguido terá ainda de pagar uma indemnização de oito mil euros à vítima e está proibido do exercício de funções que impliquem o contacto com menores durante um período de cinco anos.

Santa Maria da Feira Tribunal de Santa Maria da Feira crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)