Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Fogo de lareira tira vida a idosa

Estava a aquecer-se mas descuido foi fatal – chamas atingiram a roupa. Morreu queimada
Tiago Virgílio Pereira 16 de Dezembro de 2014 às 06:00
Corpo foi retirado da casa pelos Bombeiros de Vouzela e levado para o Instituto de Medicina Legal
Corpo foi retirado da casa pelos Bombeiros de Vouzela e levado para o Instituto de Medicina Legal FOTO: Nuno André Ferreira

Uma idosa de 83 anos estava ontem sentada perto de uma lareira antiga quando o fogo propagou para a sua roupa. Ainda tentou sair para pedir socorro, mas morreu carbonizada junto à entrada da habitação, em Alcofra, Vouzela. A Polícia Judiciária de Aveiro esteve no local a recolher provas mas acabou por afastar a hipótese de crime.

Guilhermina Henriques era solteira e vivia sozinha. Nos arredores habitam familiares, que ficaram em choque com o desfecho trágico. O alerta para o incêndio urbano foi dado pelas 08h50. Foram os vizinhos que se aperceberam do fogo e do fumo que saía da casa, e de imediato deslocaram-se ao local com baldes com água para ajudar. Conseguiram apagar o fogo, mas não salvaram a mulher.

À chegada, a secção destacada de Campia que pertence aos bombeiros voluntários de Vouzela já pouco podia fazer. "O corpo da mulher estava carbonizado e caído junto ao alpendre da casa. O incêndio estava dominado. Fizemos o trabalho de rescaldo e alertámos a GNR", explicou o chefe Miguel Teixeira. "Tudo indica que o fogo alastrou à roupa da mulher", adiantou. A PJ de Aveiro afastou a hipótese de crime. Pelas 13h45, o corpo foi removido e transportado para o Instituto de Medicina Legal do Hospital de Viseu.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)