Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Gerente e contabilista detidos por esquema de comércio de carros com fuga ao IVA

Esquema fraudulento rendeu mais de 20 milhões de euros.
13 de Janeiro de 2022 às 13:01
Algemas
Algemas FOTO: Getty Images
A Polícia Judiciária deteve dois supeitos pela prática de crimes de fraude fiscal qualificada. Segundo o comunicado da PJ, a investigação teve como objeto de atuação 14 sociedades comerciais nacionais e os seus responsáveis que, entre 2016 e 2021, montaram um esquema fraudulento "relacionado com o comércio de veículos automóveis que visava contornar a legislação" de forma a escapar ao IVA.

O esquema rendeu mais de 20 milhões de euros e consistia na introdução "de milhares de viaturas provenientes de outros estados membros, sendo que por Portugal apenas passava o circuito documental de tais negócios através da utilização de empresas de fachada em cujas contas circulavam os montantes envolvidos nos negócios", pode ler-se no comunicado da PJ. 

Entre singulares e coletivos, foram constituídos 12 arguidos e realizadas várias buscas domiciliárias e não domiciliárias nas zonas de Leiria e Caldas da Rainha.

Os detidos são todos portugueses que desempenhavam funções de gerente e contabilista em várias sociedades envolvidas na fraude. 
PJ Polícia Judiciária IVA crime lei e justiça polícia
Ver comentários