Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

GNR desmantela rede de tráfico de droga que operava a partir do Porto e de Valongo

Foram detidos cinco homens e três mulheres.
Lusa 8 de Maio de 2020 às 17:01
GNR
GNR FOTO: Direitos Reservados
A GNR desmantelou uma rede de tráfico de droga que operava a partir das cidades do Porto e de Valongo, tendo sido detidas nas três fases da investigação oito pessoas, informou hoje a Guarda.

No âmbito da investigação, em curso há cerca de um ano, e que foi composta por três fases, decorridas em janeiro, fevereiro e maio, procedeu-se à detenção de cinco homens e três mulheres, com idades compreendidas entre os 25 e os 40 anos, dois deles com antecedentes criminais e cumprimento de pena de prisão efetiva, acrescenta a GNR em comunicado.

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Santo Tirso, deteve na quarta-feira os últimos dois homens, de 28 e 30 anos, por tráfico de estupefacientes, no concelho de Valongo, refere o comunicado, que avança que ambos irão ser presentes ao Tribunal Judicial do Porto.

Ainda segundo a GNR, "das medidas de coação já conhecidas e aplicadas aos primeiros seis detidos, destaca-se uma prisão preventiva e uma prisão domiciliária, tendo sido aplicado aos restantes a obrigatoriedade de apresentações periódicas no posto policial da área de residência".

Durante toda a operação foram realizadas várias buscas domiciliárias e em veículos, das quais resultou a apreensão de 550 doses de cocaína, 2.224 doses de haxixe, seis doses de canábis, quatro réplicas de armas de fogo, sete telemóveis e 16 cartões SIM.

A GNR apreendeu ainda duas viaturas, cinco armas brancas, uma balança de precisão, material de corte e embalamento, 120 euros em notas falsas, 1.925 euros em numerário e diverso material de corte e acondicionamento.

Acrescenta a Guarda que, no decurso da operação, "foram ainda identificados quatro homens, com idades entre os 30 e os 35 anos, todos com antecedentes criminais por tráfico, posse e consumo de produtos estupefacientes".

GNR rede tráfico de droga porto valongo droga
Ver comentários