Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

GNR detém homem de 48 anos dono de plantação de canábis em Miranda do Corvo

Autoridades apreenderam 941 doses da droga.
Lusa 22 de Setembro de 2020 às 18:22
GNR
GNR FOTO: Lusa
Um homem de 48 anos suspeito de tráfico de droga foi detido esta terça-feira numa aldeia do concelho de Miranda do Corvo, onde a GNR desmantelou uma plantação de canábis.

Em comunicado, o Comando Territorial de Coimbra da GNR informa que, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Lousã, deteve o presumível produtor "pelo crime de cultivo de estupefacientes" na localidade de Gândara de Semide.

"Foi possível apurar que o suspeito tinha na sua residência uma plantação de canábis, com plantas entre os 0,3 e os 2,3 metros de comprimento, cujo objetivo seria a sua comercialização como produto estupefaciente", refere.

Na sequência de "diversas diligências de investigação", os militares da GNR "deram cumprimento a dois mandados de busca, uma domiciliária e outra ao veículo do suspeito, que culminaram na apreensão" de 68 daquelas plantas.

Foram ainda apreendidas 941 doses dessa droga, 200 sementes da espécie, um sistema de aquecimento da estufa alegadamente cuidada pelo agora detido e "diversos químicos para produção" dos pés de canábis.

O suspeito será ouvido no Tribunal Judicial da Lousã, na quarta-feira, para aplicação das medidas de coação.

A operação contou com um reforço de meios do Posto Territorial de Miranda do Corvo da GNR.

Ver comentários