Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

GNR fiscalizou mais de mil veículos de mercadorias na operação "Peso Pesado"

Guarda adianta que registou 649 contraordenações.
Lusa 26 de Maio de 2020 às 10:46
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
A Guarda Nacional Republicana (GNR) fiscalizou na sexta-feira mais de mil condutores de veículos de transporte de mercadorias no âmbito da operação "Peso Pesado", tendo detetado mais de 370 situações de excesso de peso, anunciou hoje a guarda.

Em comunicado, a GNR adianta que durante a operação realizada na sexta-feira fiscalizou 1.096 condutores de veículos de mercadorias, tendo registado 649 contraordenações.

Entre as contraordenações, a GNR contabilizou 371 por excesso de peso, 40 relacionadas com o tacógrafo, 33 relacionadas com iluminação e sinalização, 18 por irregularidades nos pneus e 14 por acondicionamento e disposição da carga.

A nível fiscal, a GNR registou 38 autos de contraordenação relacionados com o Regime de Bens em Circulação, 11 autos de contraordenação relacionados com o imposto sobre veículos e 11 viaturas apreendidas, avaliadas em 155 mil euros.

"Foram ainda feitos 621 testes de álcool, dos quais resultaram dois excessos de álcool no sangue", adianta a guarda.

A operação foi desenvolvida pelos militares das subunidades de trânsito dos Comandos Territoriais do continente e da Unidade Nacional de Trânsito (UNT), com o apoio da Unidade de Ação Fiscal (UAF).

"O objetivo da operação "Peso Pesado" foi promover a segurança rodoviária e o cumprimento dos normativos legais aplicáveis ao transporte rodoviário de mercadorias, evitando que, após as restrições causadas pela pandemia COVID-19, se realizem práticas irregulares que colocam em causa a segurança dos condutores e demais utentes da via pública", salientou a GNR.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)