Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

GNR põe fim a festa privada com cerca de 300 pessoas em Fernão Ferro

Evento foi promovido nas redes sociais.
Correio da Manhã 6 de Julho de 2020 às 12:54
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
A GNR interrompeu e pôs fim uma festa privada ilegal em Fernão Ferro, no concelho de Seixal, na madrugada de sábado, que decorria com cerca de 300 pessoas, o que representa uma infração às regras definidas pela Direção Geral da Saúde (DGS) para o combate ao coronavírus.

"Após uma denúncia de que estaria a decorrer uma festa privada numa moradia vedada, com bastante ruído e com a presença de algumas centenas de pessoas, os militares da Guarda deslocaram-se ao local, onde foi possível constatar a presença de cerca de 300 pessoas, tendo-se procedido à identificação do responsável pelo evento, que foi informado da proibição dos ajuntamentos superiores a dez pessoas, bem como aconselhado a cumprir as normas em vigor", pode ler-se no comunicado enviado por aquela força policial às redações.

De acordo com a GNR, a festa tinha sido promovida nas redes sociais, "onde os participantes envergavam uma pulseira alusiva à mesma".

Quando abordados pela GNR, os infratores acataram as ordens e ausentaram-se do local e foi "elaborado um auto de contraordenação em infração às regras definidas pela DGS para o combate à pandemia Covid-19".
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
GNR Fernão Ferro Seixal DGS Direção Geral da Saúde questões sociais crime lei e justiça polícia
Ver comentários