Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Governo abre casas para vítimas de violência doméstica

Dois novos espaços têm um total de 100 vagas e quartos de isolamento.
Cláudia Machado 8 de Abril de 2020 às 08:10
Vítimas de violência podem pedir ajuda através de uma linha telefónica, por email, ou até mesmo com mensagens escritas. Dois novos centros de acolhimento temporário foram criados para fazer face a casos durante a pandemia
Vítimas de violência podem pedir ajuda através de uma linha telefónica, por email, ou até mesmo com mensagens escritas. Dois novos centros de acolhimento temporário foram criados para fazer face a casos durante a pandemia FOTO: iStockPhoto
O Governo abriu duas novas estruturas temporárias de acolhimento de emergência, com vagas para mais 100 pessoas, no âmbito do reforço da Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica.

Estas casas de abrigo, que se juntam aos 65 espaços de acolhimento existentes, dispõem de quartos de isolamento e são geridas por entidades com experiência nesta área e que se articulam com as autoridades de saúde para agilizar a realização de testes à Covid-19, explicou ontem o Executivo.

Entre as medidas do plano de contingência em matéria de prevenção e combate à violência doméstica durante a pandemia de Covid-19, com muitas pessoas em isolamento social no mesmo espaço que os seus agressores, estão também assegurados os serviços de atendimento, acolhimento e transportes de vítimas. Esses serviços estão acessíveis através de vários contactos, prontos a receber pedidos de socorro ou denúncias de familiares, amigos ou vizinhos.

O Serviço de Informação a Vítimas de Violência Doméstica (800 202 148) é uma linha telefónica gratuita, disponível sete dias por semana, em qualquer horário. O contacto pode ainda ser feito por email (violencia.covid@cig.gov.pt) ou mensagem escrita para o 3060, também este número gratuito e confidencial, pois não aparecerá qualquer registo na fatura mensal.

O Governo autoriza também, no âmbito do financiamento PT2020, a emissão automática dos pedidos de reembolsos feitos pelos beneficiários logo que decorridos 30 dias úteis.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)