Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Governo dá 121 mil euros a militar baleado

Factos que levaram à decisão remontam a 11 de junho de 2011.
M.C. 2 de Julho de 2019 às 08:40
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
Um despacho conjunto do primeiro-ministro, António Costa, e do ministro das Finanças, Mário Centeno, atribuiu uma indemnização com o valor 121 152,20 euros ao militar da GNR Nuno Ricardo Correia Cardoso, que foi baleado em serviço.

Os factos que levaram à decisão remontam a 11 de junho de 2011.

Nesse dia, Nuno Cardoso comandava uma Equipa de Intervenção Rápida que foi chamada devido a uma rixa ocorrida no bairro do 2º Torrão, na Trafaria, Almada.

Ao tentar, com os colegas, repor a ordem pública, o militar foi baleado.

Sofreu diversos ferimentos que o obrigaram à hospitalização e, segundo o despacho esta segunda-feira publicado em Diário da República, "ficou com uma perturbação pós-traumática em resultado desse evento".
Ver comentários