Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Grupo detido durante violenta manifestação pela atuação das autoridades no Jamaica agiu “contra a Polícia”

Pena suspensa e multas por ataque visando polícia.
Miguel Curado 8 de Março de 2019 às 09:11
Arguidos à saída do tribunal. Quatro foram condenados, um deles a pena de prisão suspensa
Tensão em tribunal entre agentes da PSP e testemunhas dos arguidos do Bairro da Jamaica
Julgamento de arguidos do Bairro da Jamaica
Arguidos à saída do tribunal. Quatro foram condenados, um deles a pena de prisão suspensa
Tensão em tribunal entre agentes da PSP e testemunhas dos arguidos do Bairro da Jamaica
Julgamento de arguidos do Bairro da Jamaica
Arguidos à saída do tribunal. Quatro foram condenados, um deles a pena de prisão suspensa
Tensão em tribunal entre agentes da PSP e testemunhas dos arguidos do Bairro da Jamaica
Julgamento de arguidos do Bairro da Jamaica
Os quatro homens presos a 21 de janeiro na avenida da Liberdade, em Lisboa, por ataque à PSP, durante uma manifestação contra a violência policial no bairro Jamaica, Seixal, foram ontem condenados a uma pena suspensa de prisão e três de multa. No entanto, o juiz disse ter ficado provado que os arguidos "integraram um grupo contra a PSP".

Bruno Andrade de 29 anos foi condenado a 5 meses de prisão, suspensos. Tem antecedentes e foi provado que cometeu o crime de participação em motim. José Augusto Júnior de 22 anos foi condenado pelo mesmo crime a multa de 350 euros.

A magistrada diz que a dupla integrou um grupo de pelo menos 50 pessoas que desrespeitou a PSP e "quebrou a paz". Vinham acusados de ofensas e dano por arremesso de pedras, de que foram absolvidos, apesar dos ferimentos em polícias, e danos de 1740 euros no equipamento da PSP.

Teodoro Ferreira e Bruno Fonseca, de 26 e 31 anos, foram condenados a multas entre os 250 e os 450 euros, por injúrias. Os vídeos que ambos fizeram ajudaram na condenação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)