Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Grupo rapta, abusa de menor e tenta matar o pai da criança por recusar casar a filha

Crimes ocorreram em junho e "foi despoletada pela recusa de uma família em aceitar o casamento da sua filha de 13 anos de idade com um rapaz de igual idade".
Correio da Manhã 22 de Setembro de 2021 às 12:37
A carregar o vídeo ...
Grupo rapta, abusa de menor e tenta matar o pai da criança por recusar casar a filha

A Polícia Judiciária deteve, esta terça-feira, três homens suspeitos de raptar e abusar de uma criança, bem como, de tentar matar o pai da menor a tiro. Os crimes ocorreram em Leiria e Marinha Grande.

Operação surge na sequência de outras detenções já realizadas a 22 de junho deste ano, quando foram detidos cinco indivíduos pela suspeita da prática dos mesmos crimes. Os detidos ficaram em prisão preventiva. 

Os crimes ocorreram num fim-de-semana de junho e "foi despoletada pela recusa de uma família em aceitar o casamento da sua filha de 13 anos de idade com um rapaz de igual idade", revelaram as autoridades.

Segundo informações da PJ, os familiares do rapaz, agora todos detidos, tentaram matar o pai da menor a tiro, provocaram danos com arma de fogo numa viatura e numa casa. Os agora detidos raptaram a criança, abusaram da mesma e libertaram-na no dia seguinte. 

Os homens, com idades entre os 24 e os 30 anos, não têm ocupação laboral conhecida e possuem todos antecedentes policiais e criminais.

Os detidos serão presentes a Autoridade Judiciária para aplicação de medidas de coação.

Leiria PJ Polícia Judiciária Marinha Grande crime lei e justiça crime
Ver comentários