Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Guardas prisionais da cadeia de Custóias anunciam greve

Em causa estão vários motivos, que passam pela insuficiência de medidas contra a Covid-19 e a falta de recursos e meios humanos.
Ana Isabel Fonseca 2 de Dezembro de 2021 às 18:40
Cadeia de Custoias
Cadeia de Custoias FOTO: Rui Oliveira

Os guardas prisionais da cadeia de Custóias, em Matosinhos, vão avançar com uma greve. O pré-aviso dá conta de paragens em dois períodos: de 20 e 26 deste mês e de 30 e 5 de janeiro. Em causa estão vários motivos, que passam pela insuficiência de medidas contra a Covid-19 e a falta de recursos e meios humanos. "Este é um grito de revolta porque estamos completamente esquecidos, não só nós aqui nesta cadeia, mas os serviços prisionais de uma forma geral, nomeadamente no que diz respeito às medidas. Nos hospitais e lares exigem um teste negativo e aqui nada", disse Tiago Pinto, delegado sindical.

O Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional esteve reunido esta quinta-feira em plenário com os trabalhadores. Foi dado a conhecer que algumas medidas vão voltar a ser implementadas nas prisões : serão colocados acrílicos nas visitas e suspensas as visitas íntimas. "Isto não chega, aqui nesta cadeia não existem meios por exemplo para se verificar se os certificados digitais são válidos", afirmou Carlos Sousa, presidente do Sindicato.

Ver comentários