Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Héli caiu após colisão com linhas elétricas em Valongo

Conclusão já constava no relatório preliminar e foi confirmada no documento final do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidente com Aeronaves.
Correio da Manhã 15 de Julho de 2020 às 08:31
Noel Ferreira   tinha 36 anos
Helicóptero que caiu em Valongo ficou 'completamente tomado pelas chamas'
Noel Ferreira   tinha 36 anos
Helicóptero que caiu em Valongo ficou 'completamente tomado pelas chamas'
Noel Ferreira   tinha 36 anos
Helicóptero que caiu em Valongo ficou 'completamente tomado pelas chamas'
A colisão com linhas elétricas de alta tensão esteve na origem da queda de um helicóptero que combatia um incêndio, em Sobrado, Valongo, a 5 de setembro de 2019, causando a morte do piloto e único ocupante, Noel Ferreira, de 36 anos.

A conclusão já constava no relatório preliminar e foi esta terça-feira confirmada no documento final do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidente com Aeronaves. Por isso mesmo, este organismo defende a fixação de “zonas interditas” a meios aéreos de combate aos fogos para evitar esses mesmos embates nas linhas elétricas que, segundo aquele documento, originaram 15 acidentes e três mortos na última década.

Noel Ferreira Héli Valongo Sobrado acidentes e desastres acidentes de transporte acidente aéreo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)