Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Morreu o homem que disparou contra militares da GNR no Pinhal Novo

Suspeito foi ferido a tiro durante o momento da captura e acabou por morrer.
João Carlos Rodrigues 7 de Dezembro de 2021 às 12:30
A carregar o vídeo ...
"Baixa a arma": GNR captura homem que disparou contra militares no Pinhal Novo

Um homem disparou na manhã desta terça-feira contra elementos da GNR que davam cumprimento a um mandado de busca no Pinhal Novo, concelho de Palmela. De acordo com fonte oficial da Guarda, o suspeito pôs-se em fuga após os disparos. Foi atingido a tiro durante a captura e acabou por morrer. 

As autoridades dirigiram-se à casa do suspeito para apreender armas de fogo. O homem, de 62 anos, que residia sozinho, efetuou disparos de caçadeira contra os militares da GNR.

Por estar armado, foi mobilizado o Grupo de Intervenção e Operações Especiais (GIOE), o Grupo de Intervenção e Ordem Pública (GIOP) e o Grupo de Intervenção Cinotécnico (GIC) e montado um cerco policial na zona. Momentos antes da captura foram ouvidos disparos e uma voz a gritar "baixa a arma". 

Segundo comunicado da GNR, o suspeito encontrava-se escondido no terreno e quando localizado pelos militares apontou a arma contra os mesmos. Ao não acatar a ordem para largar a arma e "mantendo-se como uma ameaça iminente para a vida dos militares", foi baleado. 

Foi assistido pelo INEM mas acabou por morrer no local.

"Todos os intervenientes que necessitam de receber cuidados estão a receber. Uso da força foi o estritamente necessário, o suspeito está a receber cuidados", acrescentou fonte da GNR antes de o CM confirmar que o homem morreu.



Ver comentários