Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Homem encontrado morto em casa com sinais de violência

Vítima vivia sozinha em Almeirim há vários anos, desde a morte dos seus pais e da separação da mulher.
João Nuno Pepino 1 de Julho de 2019 às 01:30
GNR assumiu ocorrência, mas acionou Judiciária por haver suspeitas de crime violento
GNR assumiu ocorrência, mas acionou Judiciária por haver suspeitas de crime violento FOTO: Direitos Reservados
A Polícia Judiciária (PJ) de Lisboa está a investigar um possível caso de homicídio de um homem que faleceu no passado sábado no Hospital de Santarém, para onde foi transportado em estado muito grave com marcas de agressões violentas.

A vítima, Luís Teso, foi encontrado ao início da tarde da passada sexta-feira com um golpe profundo na zona da cabeça e vários ferimentos no peito, na habitação onde residia em Paço dos Negros, no concelho de Almeirim.

Quando os meios de socorro chegaram ao local, o homem, de 67 anos, estava deitado no chão à entrada da residência, com muito sangue à sua volta e já em paragem cardiorrespiratória.

O alerta para as autoridades foi dado por alguns vizinhos que encontraram a porta da rua aberta e com as chaves na fechadura. Segundo o CM apurou junto de fonte da GNR, a vizinhança não deu por movimentações estranhas nem deu conta dos possíveis agressores.

Perante o cenário de aparente crime, a PJ foi chamada ao local, onde esteve a recolher provas que permitam esclarecer este caso, que está a causar grande apreensão na aldeia.

Luís Teso, que fazia atualmente biscates na agricultura e criava alguns animais para sobreviver, era estimado em Paço dos Negros, onde tinha boas relações com os restantes habitantes, não sendo conhecidas quaisquer quezílias com outros moradores.

O homem vivia sozinho há vários anos, desde a morte dos seus pais e da separação da mulher, e era estimado e apoiado pela vizinhança mais próxima.

PORMENORES
Cenários
As hipóteses de intervenção de terceiros e do homem ter sido agredido ao resistir a uma tentativa de assalto estão a ser ponderadas pelas autoridades. O cenário de acidente não foi descartado.

Assistência
A vítima foi encontrada a sangrar e assistida na sua residência por bombeiros e uma equipa do INEM. De seguida foi transportada para o Hospital de Santarém e acabou por morrer.

Funeral
Luís Teso faleceu na madrugada de sábado e corpo esteve em câmara ardente até este domingo de manhã, altura em que se realizaram as cerimónias fúnebres, no cemitério de Paço dos Negros.
Ver comentários