Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Homem faz emboscada à ‘ex’ e mata padeiro a tiro em Lousada

Atirador esperou no meio da estrada e fez um único disparo que atingiu a vítima na cabeça.
Nelson Rodrigues 24 de Julho de 2019 às 09:45
Tiago Magalhães, vítima mortal
Carrinha de distribuição de pão é rebocada ainda com marca do disparo
Daniela Pinto ficou ferida com estilhaços dos vidros
Tiago Magalhães, vítima mortal
Carrinha de distribuição de pão é rebocada ainda com marca do disparo
Daniela Pinto ficou ferida com estilhaços dos vidros
Tiago Magalhães, vítima mortal
Carrinha de distribuição de pão é rebocada ainda com marca do disparo
Daniela Pinto ficou ferida com estilhaços dos vidros
O casal foi emboscado numa rua pouco movimentada, na freguesia de Alvarenga, em Lousada, esta terça-feira de manhã. De caçadeira em punho, João ‘Padeiro’, de 31 anos, esperou no meio da estrada pela carrinha de distribuição de pão, em que seguia a ex-mulher, Daniela Pinto, de 30, e na qual circulava ao volante o novo companheiro desta, Tiago Magalhães, de 26. Ao ver a viatura, João fez um único disparo que atingiu certeiramente a cabeça do namorado da ‘ex’ - que já foi seu funcionário e um dos seus melhores amigos. A vítima teve morte imediata.

Os estilhaços do vidro da carrinha em que seguia o casal atingiram também Daniela, que sofreu ferimentos ligeiros nos braços e cara e foi transportada para hospital. O crime foi cometido durante a volta de entrega de pão, às 06h00. O atirador fugiu depois do local e conduziu durante 15 km até se entregar no posto da GNR da Lixa, Felgueiras, onde foi detido e entregue à PJ.

Tanto as duas vítimas como o homicida trabalham como padeiros e na distribuição de pão. Apesar de estar separada de João há cerca de três anos - e de quem tem três filhos menores -, Daniela continuava a trabalhar com o ex-companheiro, que é dono de uma padaria na Aparecida, em Lousada. Também Tiago - que deixa um filho de apenas 15 meses, de uma anterior relação -, trabalhou até ao passado fim de semana com João ‘Padeiro’. Os dois desentenderam-se após terem surgido rumores de que Tiago manteria uma relação com a sua ex-mulher.

Na segunda-feira à tarde, Tiago Magalhães e João ‘Padeiro’ já se tinham desentendido à porta de uma loja chinesa. Tiago queixou-se mesmo à GNR que o ex-patrão o estaria a seguir e de ter sido espancado com dois murros na cara. Mais tarde, João chegou ameaçar que mataria o novo companheiro da mulher - o que veio mesmo a cumprir esta terça-feira pela manhã.

PORMENORES
"Vi um homem no chão"
O crime aconteceu em frente à casa de Fátima Ribeiro. "Ouvi um estrondo e quando fui à janela vi um homem no chão e a minha padeira agitada", disse a mulher ao CM.

Conhecia todas as rotinas
João ‘Padeiro’ conhecia todas as ruas em que a ‘ex’ passava para distribuir pão. Esperou o casal logo após uma curva.

Autópsia ao corpo
O corpo de Tiago Magalhães foi removido pelos bombeiros pouco antes das 10h00. Foi levado ao gabinete médico-legal de Penafiel para autópsia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)