Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Homem mata à facada em noite de álcool no Seixal

Entregou-se na altura e foi solto. De novo preso, está na cadeia.
Sérgio A. Vitorino 9 de Junho de 2020 às 09:14
PSP costas, oficiais, autoridades
PSP costas, oficiais, autoridades FOTO: CM TV
O homem de 45 anos que, no dia 25 de abril, matou outro à facada na Amora, Seixal, tendo ficado em liberdade após se ter entregue na esquadra da PSP, foi agora novamente detido pela PJ de Setúbal e colocado em prisão preventiva pelo crime de homicídio qualificado. A morte ocorreu num contexto de consumo exagerado de álcool, não estando apurados os motivos concretos.

O homicida continuava a viver no mesmo local e a fazer uma vida normal, acreditando que não iria ser detido pelo crime - uma vez que na altura foi libertado pela PSP e Ministério Público. Vítima e agressor seriam amigos e estavam a conviver na casa do segundo. No final da tarde desentenderam-se. A vítima empurrou o dono da casa, que respondeu, e ambos saíram para a rua. O agressor, que foi mordido com gravidade numa orelha, levou de casa uma faca com 20 centímetros de lâmina e deu duas facadas no ‘amigo’, na omoplata e tórax.

A vítima foi levada para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, e o agressor foi, ainda com a faca na mão, entregar-se à esquadra da PSP da Cruz de Pau. Um magistrado do Ministério Público decidiu que o homem deveria ser constituído arguido e ficar em liberdade. Saiu da esquadra para o hospital, para ser tratado à orelha. Na mesma unidade de saúde, a vítima ainda foi submetida a uma intervenção cirúrgica, mas não resistiu e morreu ainda nessa noite.

A PJ recebeu o caso já o homem estava em liberdade e agora deteve-o com mandados do Ministério Público.
Ministério Público Amora Seixal PJ PSP Setúbal crime lei e justiça polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)