Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Homem torturado com choques em mamilo e no pénis

Arguidos, de 21 e 31 anos, estão acusados de sequestro e roubo e estão presos.
Ana Palma 25 de Fevereiro de 2020 às 08:12
Sequestro
Sequestro FOTO: Natália Ferraz
Dois britânicos, de 20 e 31 anos, vão começar a ser julgados no Tribunal de Portimão pelos crimes de roubo qualificado e sequestro de um homem de 45 anos.

A vítima foi torturada com choques elétricos (com cabos de bateria) no pénis, num mamilo, numa orelha e num dedo, bem como agredida a soco e pontapé. Foi ainda amarrada com cordas de nylon e cintas de reboque.

Os crimes ocorreram no dia 2 de outubro de 2018. De acordo com a acusação, a que o CM teve acesso, os arguidos obrigaram a vítima, que estava num armazém em Portimão, a entregar-lhes dinheiro e outros bens. Apontaram-lhe uma pistola (semelhante a uma Glock 19) e agrediram-no. Depois roubaram-lhe as chaves de casa e o carro em que se fazia transportar, bem como a carteira com documentos.

Como queriam mais dinheiro, amarraram e torturaram a vítima e levaram-na para uma casa em ruínas, na zona de Malhadais, Boliqueime. "Em face das dores que estava a sofrer", a vítima "acabou por dizer que tinha 8 mil euros em casa", refere o Ministério Público, adiantando que os arguidos roubaram ainda ouro.

Entretanto, a vítima conseguiu fugir e pediu ajuda numa casa nas proximidades. Quanto aos arguidos, fugiram de Portugal após os crimes. Foram detidos e entregues à Polícia Judiciária no âmbito de mandados de detenção europeus e ficaram em prisão preventiva. Um cúmplice está detido em Inglaterra. Segundo o CM apurou, os processos foram separados.
Portimão Tribunal de Portimão crime lei e justiça polícia questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)