Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Idoso carbonizado em fogo que ateou

Cadáver foi encontrado junto a uma nora pelos bombeiros que extinguiram o incêndio.
Ana Palma e Tiago Griff 12 de Março de 2020 às 09:04

Um homem de 81 anos morreu carbonizado durante uma queima de sobrantes que se descontrolou em Moncarapacho, Olhão. Segundo o CM apurou, o fogo terá sido ateado pela vítima mortal.

O alerta para o fogo foi dado pelas 15h09 da passada terça-feira, tendo acorrido de imediato ao local seis operacionais e duas viaturas dos Bombeiros Municipais de Olhão, que procederam à extinção do incêndio. O fogo terá começado junto à casa das máquinas de rega existente no terreno, a qual ardeu, tendo as chamas alastrado à zona circundante deste local, onde havia bastante vegetação.

O idoso terá sido apanhado pelas chamas e já não conseguiu escapar, dada a rápida propagação do fogo . O corpo do idoso foi encontrado por elementos dos Bombeiros Municipais de Olhão quando combatiam as chamas. Quando o cadáver foi descoberto já estava carbonizado. Os ‘soldados da paz’ procederam ao rescaldo do incêndio.

A GNR foi a primeira força de segurança a comparecer no local, mas, dadas as circunstâncias, o caso passou para a jurisdição da Polícia Judiciária de Faro, que está a investigar o sucedido. Segundo o CM conseguiu apurar, não há, contudo, suspeitas de crime.

O idoso era o proprietário do terreno em causa, situado nas proximidades da Escola de Condução Olhanense.

O corpo foi transportado para o Gabinete Médico Legal, em Faro, onde vai ser autopsiado para confirmação das causas exatas da morte.

Bombeiros Municipais de Olhão Moncarapacho Olhão acidentes e desastres incêndios
Ver comentários