Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Incêndio em pecuária de Ferreira do Alentejo matou cerca de mil leitões

"Não há indícios de crime e tudo indica que a causa do incêndio foi um curto-circuito", adianta GNR.
Lusa 24 de Setembro de 2020 às 17:03
Bombeiros
Bombeiros FOTO: Getty Images
O incêndio que deflagrou na quarta-feira numa exploração pecuária no concelho de Ferreira do Alentejo, distrito de Beja, provocou a morte de cerca de mil leitões, disse esta quint-feira à agência Lusa fonte da GNR.

"Não há indícios de crime e tudo indica que a causa do incêndio foi um curto-circuito", ocorrido nas instalações para suínos da exploração pecuária, situada no Monte Cardim, junto à vila de Ferreira do Alentejo, acrescentou a fonte da GNR.

Conforme disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja, o incêndio também provocou ferimentos noutros leitões, além de danos nas instalações.

O alerta para o incêndio foi dado às 19h53 e o combate às chamas envolveu 37 operacionais apoiados por 12 viaturas dos Bombeiros Voluntários de Ferreira do Alentejo, Beja e Aljustrel e da GNR, disse a fonte do CDOS.

Ferreira do Alentejo Beja CDOS GNR Lusa questões sociais
Ver comentários