Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Jogador Ruben Semedo com pena suspensa por sequestro e ameaças. Está proibido de entrar em Espanha

Caso aconteceu em em 2018 quando o internacional jogava na equipa do Villarreal.
Miguel Curado 17 de Julho de 2020 às 11:42
Rúben Semedo
Rúben Semedo FOTO: Luís Manuel Neves

O futebolista internacional português Ruben Semedo, que recentemente se sagrou campeão grego ao serviço da equipa do Olympiakos, escapou a uma pena efetiva possível de prisão de 15 anos e meio pelo sequestro e ameaças de morte a um homem, em 2018, quando jogava na equipa espanhola do Villarreal.

Ao invés, um tribunal de Valência, cidade onde foram praticados os factos, condenou-o a uma pena de prisão de cinco anos, suspensa na sua execução durante oito anos. Nesse período, Ruben Semedo está impedido de entrar em Espanha, e para que esta decisão do tribunal seja efetiva terá de pagar 46 mil euros de indemnização cível.

Segundo a imprensa espanhola que acompanhou todo o processo, Ruben Semedo admitiu todos os crimes em tribunal. Reconheceu ter, em fevereiro de 2018, sequestrado com ameaça de pistola um homem, com a ajuda de cúmplices. A vítima seria intermediário num negócio de venda de um carro, no qual o jogador terá perdido cinco mil euros. Amarrado, de arma apontada à cabeça, e com a ameaça de corte de um dedo, o homem teve de prometer pagar o dinheiro. Acabou por ser solto, vindo a denunciar o caso à polícia, o que precipitou a detenção do futebolista, formado nas escolas do Sporting.

Recorde-se que o jogador esteve preso durante cinco meses em Espanha.


Ruben Semedo Olympiakos Espanha Villarreal desporto futebol crime lei e justiça tribunal
Ver comentários