Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Jovem de 25 anos esfaqueado em caso político

Agressor diz que só se quis defender de grupo nacionalista, em Braga.
Liliana Rodrigues 22 de Fevereiro de 2020 às 09:47
Agressão ocorreu junto à estação de comboios de Braga
Agressão ocorreu junto à estação de comboios de Braga FOTO: Rodrigo Andrade / CMTV
Um jovem, de 25 anos, foi esfaqueado no abdómen, na noite de quinta-feira, junto à estação de comboios de Braga. A vítima foi transportada ao hospital com ferimentos considerados ligeiros e já teve alta. O caso terá contornos políticos e está a ser investigado pelas autoridades policiais.

O alegado agressor, de 30 anos, elemento da Frente Unitária Antifascista (FUA), contactou a PSP a relatar a situação, depois de ter conseguido fugir do local num carro da Uber. Foi identificado. "Quando ele estava a entrar no Uber, um elemento do Escudo Identitário [grupo nacionalista "pela identidade portuguesa"] deu um pontapé na porta, fechando a mesma. O nosso militante virou-se e apercebeu-se que estava cercado por um grupo de 9 a 10 indivíduos, sendo que alguns tinham a cara tapada", garante a FUA.

"Um destes elementos, que o nosso militante identificou como sendo filiado ao Escudo Identitário, lançou-se para cima do nosso militante, que conseguiu soltar-se e deitar o agressor ao chão, tendo avistado algo que parecia uma lâmina", relata ainda, garantindo que só em casa, por ter sangue nas mãos, ligou à PSP.

PORMENORES
"Escudista golpeado"
O movimento Escudo Identitário afirma ter existido o "esfaqueamento de um Escudista às mãos do líder de uma organização antifascista de Braga" e fala em "patranhadas" do agressor. Nos respetivos comunicados, ambos os movimentos dizem ter sido vítimas de outros ataques.

PSP investiga o crime
A PSP foi chamada e identificou os vários elementos envolvidos na rixa de quinta-feira, entre os quais o jovem que ficou ferido. A investigação prossegue e tem em conta todas as ligações políticas dos envolvidos no caso.
Ver comentários