Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Jovem de 25 anos morto a tiro em ajuste de contas em Braga

Carlos Galiano foi atingido no abdómen com dois disparos efetuados por um rival, conhecido pela alcunha de ‘Max'.
Liliana Rodrigues 9 de Outubro de 2021 às 09:58
Carlos Galiano tinha 25 anos
Carlos Galiano tinha 25 anos FOTO: Direitos Reservados
Carlos Galiano, de 25 anos, não sobreviveu aos graves ferimentos que sofreu quando foi baleado, na madrugada de terça-feira, no Fujacal, em Braga. Morreu na tarde de quinta-feira, no hospital. O jovem, peixeiro de profissão, foi atingido no abdómen com dois disparos efetuados por um rival, conhecido pela alcunha de ‘Max’ e que poucas horas após o crime se entregou na PSP, assumindo a autoria dos tiros. Justificou que se tratava de um ajuste de contas com a vítima.

O homicida, de 23 anos, foi presente a tribunal durante a tarde de quinta-feira e ficou em prisão preventiva. Está indiciado de um crime de homicídio qualificado e arrisca a pena máxima.

Os dois homens eram amigos e tinham sido condenados recentemente a uma pena de prisão suspensa por tráfico de droga, pelo tribunal de Braga.

Após alvejar a vítima, ‘Max’ atirou a arma do crime ao rio. Esta sexta-feira, as cerimónias fúnebres de Carlos Galiano ainda não estavam agendadas.

Max Braga PSP Carlos Galiano Fujacal crime lei e justiça crime homicídio morte
Ver comentários
}