Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Juiz põe 17 traficantes em prisão preventiva até ao julgamento

Restantes suspeitos ficaram em liberdade, mas alguns com apresentações às autoridades.
Nelson Rodrigues 12 de Julho de 2020 às 10:21
Operação com centenas de PSP
Operação com centenas de PSP FOTO: Inês Trovisco
O Tribunal de Instrução Criminal do Porto decretou prisão preventiva para 17 dos 30 detidos da megaoperação de combate ao tráfico de droga, que decorreu na quinta-feira em vários bairros do Grande Porto.

Os restantes suspeitos ficaram em liberdade, mas alguns com apresentações às autoridades.

Os interrogatórios começaram na sexta-feira ao final da manhã, mas só terminaram já na madrugada de sábado. Os 30 suspeitos - 26 homens e quatro mulheres, com idades entre os 18 e 57 anos -, estão indiciados por tráfico de droga e posse de arma ilegal. A operação de “grande envergadura”, envolveu 64 buscas domiciliárias e não domiciliárias no Porto, Gondomar, Vila Nova de Gaia, Matosinhos e Paredes. Foram apreendias armas, droga e 54 mil euros.
Tribunal de Instrução Criminal do Porto Grande Porto crime lei e justiça crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)