Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Lançada petição para atribuição de subsídio vitalício a família do ator Bruno Candé

Peticionários apontam o ódio racial como tendo estado na origem do crime cometido no passado sábado.
Lusa 28 de Julho de 2020 às 19:09
Bruno Candé Marques
Bruno Candé Marques FOTO: Direitos Reservados
O grupo Ação Cooperativista colocou hoje, 'online', uma petição, na qual exige "ao Governo que disponibilize, de imediato, um subsídio vitalício para a família de Bruno Candé", ator negro assassinado na via pública, no concelho de Loures, no passado sábado.

A Ação Cooperativista -- Artistas, Técnicos e Produtores, entidade surgida na área da cultura, no contexto de resposta à crise provocada pelo impacto da pandemia covid-19 no setor, lembra que "o Governo incumpre a Constituição ao não agir ativamente na erradicação do racismo e qualquer outra forma de discriminação", referindo que a "discriminação racial é crime no nosso país (Artigo 240º Código Penal)". 

Os peticionários apontam o ódio racial como tendo estado na origem do crime cometido no passado sábado.

Bruno Candé Ação Cooperativista Governo Loures questões sociais política racismo parlamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)