Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Libertado padrasto apanhado pela mulher a violar enteada em Palmela

Mãe da menor resolveu ficar alerta e apanhou o marido em flagrante.
Sofia Garcia 28 de Maio de 2020 às 08:36
Investigação da PJ de Setúbal
PJ de Setúbal
Investigação da PJ de Setúbal
PJ de Setúbal
Investigação da PJ de Setúbal
PJ de Setúbal
Um socorrista de uma organização de Setúbal, de 42 anos, foi detido pela Polícia Judiciária por abusos sexuais continuados à enteada, agora com 17 anos, filha da companheira bombeira.

Segundo a vítima, os crimes de abuso sexual começaram quando a menor tinha 15 anos e aconteciam na casa do casal, em Brejos do Assa, Palmela.

Foi a mãe da menor que, desconfiada de alguns comportamentos do companheiro para com a filha, resolveu ficar alerta e apanhou o marido em flagrante.

A semana passada, numa tarde de calor, a bombeira saiu da piscina onde estava com a filha mais nova para procurar a jovem e encontrou o companheiro, dentro de casa, em atos sexuais com a adolescente.

Detido pela PJ de Setúbal e levado a juiz, ficou sujeito a apresentações diárias às autoridades, obrigação de deixar a residência e uso de pulseira eletrónica para não se aproximar da vítima.
Palmela Setúbal Polícia Judiciária crime lei e justiça questões sociais polícia crime crimes sexuais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)