Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Linha SNS 24 autoriza polícias infetados com coronavírus a trabalharem

Agente de uma Equipa de Intervenção Rápida regressou esta sexta-feira ao trabalho mesmo após realizar dois testes positivos.
Miguel Curado 23 de Outubro de 2020 às 16:25
Polícia de Segurança Pública
Polícia de Segurança Pública FOTO: Pedro Brutt Pacheco

Fonte oficial da PSP confirmou ao CM que existem vários casos de polícias que estão a regressar ao trabalho ainda infetados com a Covid-19, por ordem da Direção-Geral de Saúde.

O nosso jornal questionou a mesma fonte após denúncia, feita pelo Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP), de que um agente de uma Equipa de Intervenção Rápida do Comando da PSP de Lisboa, regressou esta sexta-feira ao trabalho mesmo após realizar dois testes positivos ao novo coronavirus.

Segundo o SPP, trata-se de um profissional que diariamente trabalha com mais entre 6 a 7 colegas, dentro de uma carrinha, em missão de reforço de patrulhamento.

A fonte contactada confirmou este caso concreto, referindo que o procedimento está a ser habitual na PSP, em situações semelhantes.

Ao fim de dez dias em confinamento após a realização do primeiro teste positivo à Covid-19, e desde que já não manifeste sintomas da doença, o doente deixa de poder transmitir o vírus a outras pessoas. Por isso é que a Direção-geral de Saúde, seguindo recomendações internacionais, está a ordenar o regresso ao trabalho.

Direção-Geral de Saúde PSP Covid-19 questões sociais coronavírus pandemia
Ver comentários