Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Mãe de Valentina quebra o silêncio sobre relacionamento com pai da menina

Sónia Fonseca garante que a CPCJ não a contactou após sinalizar a menina, em 2019.
Correio da Manhã 7 de Julho de 2020 às 21:19
Valentina
Valentina
A mãe de Valentina revelou, esta terça-feira durante uma entrevista à SIC, que a CPCJ não a contactou após sinalizar a menina, quando a filha fugiu da casa do pai, em 2019.

"A menina não vinha marcada. A Valentina nunca veio maltratada da casa do pai. Vinha sempre bem vestida", contou.  

Relativamente à relação que mantinha com Sandro, Sónia Fonseca explicou: "Conhecemo-nos há nove anos em Peniche. Não tínhamos um relacionamento sério, envolvemo-nos numa noite após sair com amigos". 

Sandro só reconheceu Valentina com um ano de idade, após testes de paternidade, porque não acreditava que a filha era ele, disse Sónia.

Márcia, mulher de Sandro, conheceu a criança desde pequena e sempre a tratou bem, garante a mãe de Valentina.

Quando questionada sobre quem é o culpado da morte trágica da filha, Sónia respondeu: "Para mim são os dois (Sandro e Márcia) culpados".

"Tenho medo da minha reação se um dia me cruzar com ele (Sandro)", afirmou sobre o pai de Valentina.

"Ela (Valentina) para mim não morreu, está comigo e vai estar sempre", terminou a mãe emocionada.
maus-tratos SIC SIC Valentina CPCJ
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)