Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Máfia do mármore saca 1,8 milhões de euros ao Estado

Simularam 10 milhões em negócios de pedras para receber o IVA.
Sérgio A. Vitorino 8 de Novembro de 2019 às 09:03
Rede simulava compras e vendas que não correspondiam a transações de mármore das pedreiras
Mármore
Rede simulava compras e vendas que não correspondiam a transações de mármore das pedreiras
Mármore
Rede simulava compras e vendas que não correspondiam a transações de mármore das pedreiras
Mármore

Um empresário do mármore, de 45 anos e com atividade em Fátima e Alcobaça, é apontado como cabecilha de uma rede mafiosa composta por cinco empresas, lideradas por si mas com testas de ferro, que simularam negócios de 10 milhões de euros conseguindo, com ajuda de um contabilista, reembolsos de mais de 1,8 milhões em IVA, lesando o Estado nesse valor.

A rede foi atacada quarta-feira numa operação da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ e da Autoridade Tributária, com 40 buscas em casas, empresas e escritórios de contabilidade, entre outros. Segundo sabe o CM, foram constituídos oito arguidos, dos 40 aos 65 anos, entre eles o suposto cabecilha, os testas de ferro que ele controla mediante comissão e o contabilista. Cinco empresas também são arguidas. Não há, para já, detidos.

A operação Stonehenge (estrutura circular de pedras, em Inglaterra, de 3100 a.C. e usada para observações astronómicas e funções religiosas) permitiu descobrir que o dinheiro sacado ao Estado foi, maioritariamente, aplicado em apartamentos na zona Centro, que o cabecilha registou em nome de outras pessoas.

O suspeito não tem praticamente património em seu nome. A investigação vai prosseguir para permitir uma proposta de acusação pelos crimes de fraude fiscal qualificada e branqueamento. O circuito fictício de faturação funcionava mediante a simulação de compras e vendas que não correspondiam a efetivas transações de mármore das pedreiras.

IVA Fátima Alcobaça Estado crime lei e justiça crime organizado crime económico
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)