Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Mais de 1.200 operacionais e um meio aéreo no combate a 47 fogos à meia-noite de segunda-feira

Dois fogos no distrito de Viseu são os mais preocupantes.
Lusa 9 de Setembro de 2019 às 00:45
Fogos suspeitos em Castro Daire investigados
População mantém-se no local.
Meios aéreos no combate às chamas em Castro Daire
Fogos suspeitos em Castro Daire investigados
População mantém-se no local.
Meios aéreos no combate às chamas em Castro Daire
Fogos suspeitos em Castro Daire investigados
População mantém-se no local.
Meios aéreos no combate às chamas em Castro Daire
Mais de 1.200 operacionais e um meio aéreo estavam envolvidos no combate a 47 incêndios no país, à meia-noite, mantendo-se dois fogos no distrito de Viseu como os mais preocupantes, segundo a Proteção Civil.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) registava, às 00h30, um total de 47 incêndios, sobretudo no Centro e Norte do país, mobilizando um total de 1.209 operacionais, 371 viaturas e um meio aéreo.

Dos 47 incêndios, quatro estão em curso, quatro em resolução e 39 em conclusão, indica a página da ANEPC, na Internet.

Das ocorrências importantes, a Proteção Civil destaca o incêndio de Moledo, no concelho de Castro Daire, e o de Valbom, em São Cristóvão de Nogueira, no concelho de Cinfães, ambos no distrito de Viseu.

O primeiro está a ser combatido por 229 operacionais e 64 meios terrestres; o segundo, por 87 operacionais e 25 meios terrestres, indica a ANEPC.

O incêndio de Monteiras, no concelho de Castro Daire, que esteve entre os mais preocupantes, no sábado, entrou em fase de resolução às 17h45, segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu, e encontra-se agora em fase de conclusão, envolvendo 93 operacionais e 29 viaturas.

No distrito do Porto, o incêndio no concelho de Baião, que na tarde de sábado foi colocado entre as "ocorrências importantes" da Proteção Civil, encontra-se agora em fase de conclusão, envolvendo dois operacionais e uma viatura.

O meio aéreo em operação encontra-se em Vale do Calvo, no concelho de Tomar, distrito de Santarém, onde o incêndio está em fase de conclusão.

Durante a tarde de sábado, o combate aos incêndios florestais em Portugal Continental envolveu mais de 2.300 operacionais, perto de 700 viaturas e 24 meios aéreos.

Dados provisórios do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) indicam que, entre 1 de janeiro e sábado, ocorreram 9.186 incêndios que queimaram 31.328 hectares.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)