Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Mário Machado ouvido no julgamento do caso Hells Angels

Ex-militante de extrema-direita depõe em frente aos arguidos que respondem por vários crimes violentos.
19 de Outubro de 2021 às 12:18
Mário Machado
Mário Machado FOTO: Lusa
Mário Machado está a ser ouvido no julgamento de 89 membros do gang motar 'Hells Angels' que respondem por vários crimes violentos como homicídio tentado, danos, ofensas à integridade física e posse de arma ilegal.

A entrada dos arguidos no Pavilhão multiusos de Camarate, em Loures, atrasou-se e, apesar de ter início marcada para as 9h30, a sessão só começou cerca de uma hora mais tarde. O ex-militante de extrema-direita Mário Machado, que chegou por volta das 11h, depõe em frente aos arguidos no processo 'Hells angels'.

A acusação do MP considera que os membros do grupo motard Hells Angels elaboraram um plano para aniquilar um grupo rival, em março de 2018, com recurso à força física e a várias armas para lhes causar graves ferimentos, "se necessário até a morte".

O advogado José Castro, mandatário de Mário Machado (assistente no processo), subscreveu na globalidade a tese do procurador e a ida dos arguidos a julgamento, nomeadamente por associação criminosa e outros crimes graves contra a integridade física.

As vítimas exigem uma indemnização de 127 mil euros. 
Mário Machado crime lei e justiça julgamentos Hell's Angels motar gangue homicidio Ministério público
Ver comentários