Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Menino de dois anos morre atropelado por padeiro em Braga

Criança brincava à porta de casa quando foi colhida pela viatura.
David Monteiro e Secundino Cunha 30 de Agosto de 2020 às 09:25
Criança não resistiu à gravidade dos ferimentos sofridos
Acidente aconteceu na Ponte do Porto, zona limítrofe entre Braga e Amares
Criança não resistiu à gravidade dos ferimentos sofridos
Acidente aconteceu na Ponte do Porto, zona limítrofe entre Braga e Amares
Criança não resistiu à gravidade dos ferimentos sofridos
Acidente aconteceu na Ponte do Porto, zona limítrofe entre Braga e Amares
O menino de apenas dois anos estava a brincar na rua, à porta de casa, em São Paio de Pousada, Braga, quando sofreu o trágico acidente. Passavam poucos minutos da uma tarde e o padeiro daquela localidade tinha acabado de deixar o pão à família da criança. Ao fazer uma manobra de marcha-atrás na viatura que conduzia não se apercebeu da presença do menor e atropelou-o mortalmente.

À chegada da equipa de socorro da Cruz Vermelha de Amares o menino apresentava ferimentos graves e estava em paragem cardiorrespiratória.

"Chegámos rapidamente ao local e o menino ainda se encontrava com vida. Realizámos manobras de reanimação, mas acabou por não resistir aos ferimentos", disse ao CM António Brandão, coordenador da Cruz Vermelha de Amares. A criança ainda foi transportada para o Hospital de Braga, com o acompanhamento da equipa médica do INEM, mas o óbito acabou por ser confirmado já na unidade hospitalar. O alerta foi dado pelas 13h00. O acidente aconteceu numa casa próxima do rio Cávado, na freguesia limítrofe entre Braga e Amares.

Para o local, a Cruz Vermelha de Amares mobilizou três operacionais, apoiados por uma viatura, a que se juntou a equipa da VMER de Braga. A GNR também foi acionada. Para além de tomar conta da ocorrência e investigar as circunstâncias do acidente, precisou de intervir para proteger o padeiro da família da criança, que ficou exaltada com a situção.
Ver comentários