Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Major Vasco Brazão suspeito de subarrendar casas do Estado a turistas

Habitações surgem em sites de arrendamento de imóveis para turismo.
Miguel Curado e António Sérgio Azenha 10 de Outubro de 2018 às 01:30
Major Vasco Brazão a ser levado para interrogatório no Campus de Justiça de Lisboa
Major Vasco Brazão a ser levado para interrogatório no Campus de Justiça de Lisboa
Instituto de Ação Social das Forças Armadas investiga arrendamento ilegal
Major Vasco Brazão a ser levado para interrogatório no Campus de Justiça de Lisboa
Major Vasco Brazão a ser levado para interrogatório no Campus de Justiça de Lisboa
Instituto de Ação Social das Forças Armadas investiga arrendamento ilegal
Major Vasco Brazão a ser levado para interrogatório no Campus de Justiça de Lisboa
Major Vasco Brazão a ser levado para interrogatório no Campus de Justiça de Lisboa
Instituto de Ação Social das Forças Armadas investiga arrendamento ilegal
Casas do Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA), arrendadas a militares para usufruto dos próprios e familiares como primeira habitação, surgem em sites de arrendamento de imóveis para turismo, negócio promovido pelos militares e para beneficiar os próprios.

O Ministério da Defesa confirmou esta terça-feira que o major Vasco Brazão, arguido no processo do furto de armas de Tancos, subarrendou de forma ilegal a estrangeiros um apartamento que o Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA) arrendou ao seu filho, em Lisboa.

O oficial da PJ Militar foi visado numa queixa de dois sargentos e um cabo ao general Xavier Matias, presidente do IASFA. Moradores na rua da Aliança Operária, na Ajuda, Lisboa, os militares denunciaram "a constante entrada e saída de estrangeiros com bagagens" de um prédio do IASFA.

Na sequência desta queixa, o IASFA fez uma visita ao imóvel, concluindo que o apartamento "se encontra utilizado para fins que não são os do contrato."

Segundo o relatório do IASFA, Vasco Brazão confirmou que "o arrendatário, seu filho, não estava a par da situação porque não habita a fração e que, efetivamente, de vez em quando tem alugado a casa a amigos estrangeiros." O contrato foi denunciado em 1 de outubro.

Na queixa ao IASFA foi anexada uma cópia do anúncio do imóvel colocado no Airbnb, site de arrendamento de imóveis, onde aparece uma fotografia do major Vasco Brasão.

PORMENORES 
Ganha por 1 euro
Para conseguir arrendar o imóvel da avenida de Roma, em Lisboa, o major Vasco Brazão fez uma licitação de 751,01 euros, superior em apenas 1,01 euros à base de 750 euros.

PJ apanha turistas
Na investigação ao furto de armas de Tancos, a PJ fez uma busca à casa do major Vasco Brazão, na rua Aliança Operária. Os inspetores terão encontrado turistas no imóvel.

Dívida
O Instituto de Ação Social das Forças Armadas registou, em 2017, uma dívida acumulada de 63 milhões de euros, segundo o Ministério da Defesa, que assegura estar a reduzir o défice.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)